MEU PAI NÃO É MEU HERÓI

dia dos pais. Meu pai não é meu herói
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Nada contra aos pais que possam está lendo esse texto. Mas provável que ele sirva para os filhos que sentem culpa por não terem um bom relacionamento com seus progenitores. Caso você tenha medo de abrir a boca e pronunciar o título deste texto em voz alta, ou até mesmo já o fez, sabe que muitos responderão da seguinte forma, “mas é seu pai”.

Quando criança nunca simpatizei com o dia dos pais na escola. Não conseguia ver fundamento naquela data comemorativa. As atividades didáticas eram tão idiotas, na minha concepção. Tarefas do tipo desenhar, representar, redigir, falar sobre meu pai nunca me deram motivo de prazer.

Uma vez o fiz com a maior naturalidade e expressei minha sinceridade, não foram boas as consequências, tanto em sala de aula pelos próprios colegas como dentro de casa.

Porque eu seria culpado se realmente meu pai nunca foi símbolo de heroísmo para mim?

Com o tempo descobrir algo surpreendente. Não era o único filho que não tem seu pai como herói. Mas faço parte da minoria que tem a coragem de saber lhe dar com isso.

Você não precisa odiar seu pai tão pouco deixar de se relacionar com ele. Pois não vai adiantar ter mágoas e querer fazer um exame de DNA para poder sentir ódio sem culpa. Muitos filhos gostariam de poder odiar seus pais sem sentir culpa e levar a vida com naturalidade.

Caso soubesse que este homem não é seu pai. Você poderia sentir todo e qualquer sentimento por ele e repugnação sem haver culpa em seu coração. Como se sentimentos negativos fossem algo bom dentro de nós, independente por quem quer que seja.

Afirmar que meu pai não é meu herói. Doeu por um bom tempo. Ele nunca foi exemplo de pai! Mas entender o porquê disso levou bastante tempo. Não existe bem maior do que a maturidade. Poder compreende sua história; a falta de instrução; um seio familiar desestruturado; e, outros fatores responsáveis por quem ele é hoje.

Você pode questionar a postura de seu pai e dizer que não aceita; os tempos mudaram; ou ainda que não existe justificativa pelo pai que ele se tornou. Que “se você estivesse no lugar dele seria tudo diferente”; cuidado, o “se” engana muita gente.

Já pensou em parar e pesquisar sobre o histórico de vida de seu pai. Ir até seus avôs paternos e perguntar como era á vida deles em determinada época. Acredite você vai se surpreender.

Todo ser humano gosta de um bom espelho, não com a própria imagem, mas de quem gostaria de ser.

Meu pai não é meu herói, mas isso não muda o fato dele ser meu pai. Simplesmente ele não é o homem que eu gostaria de ser. Seu papel de genitor pode ter sido excelente já que fez essa delícia que somos hoje (risos). Mas como pai, mentor, amigo, conselheiro, porto seguro, protetor, defensor, iniciador ou qualquer outro adjetivo que queria dar a ele, tem sido uma negação. Releve, não apenas por ele, mas principalmente por você.

O poder do perdão e da superação de mágoas passadas é libertador.

Você não precisa fingir, mas também não é necessário ser tão realista. Contraditório?

Exemplo:

“Você me diz que seus pais não te entendem

Mas você não entende seus pais

Você culpa seus pais por tudo, isso é absurdo

São crianças como você

O que você vai ser

Quando você crescer “

Trecho da música Pais e Filhos, Legião Urbana.

Seja você a pessoa que está procurando no outro. Pare de sofrer ou até mesmo culpar seu pai ou os outros por quem você gostaria de ser. Entenda que o responsável pela sua vida é você mesmo.

Enquanto menino, nossas atitudes são infantis, isso é relevante. Mas todos na sua maioridade precisam viver a fase adulta e compreender que o passado não pode ser alterado. Muito menos mudar alguém ou fazer com que ele aja da maneira como pensamos que deva ser.

Faça seu mundo. Melhore seu caráter. Perdoe por você. Lide melhor com os defeitos dos outros e lembre-se que ninguém é perfeito como você!

Abraço!!!

Compartilhe essa mensagem com quem precisa. Ajude a divulgar o Blog. Desde já grato.

 

Facebook Comments
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *