Minha crônica confusa

Uma crônica incompleta
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Nem tudo que temos dentro conseguimos expressar com clareza.

Olá ninos e ninas.

Sabe, a vida é muito doida. Não que eu e você não sejamos, mas isso ninguém precisa saber!

Desde o tempo da escola, antigo ginásio. Eu sempre sonhei em embarcar no mundo das letras. Vivia no mundo dos sonhos e fantasias, para fugir de tristes realidades. Era tão difícil imaginar a velhice do mesmo jeito que toda minha existencia; desde o útero até a juventude.

“Jovem, jovem ainda, porque amanhã velho será; já dizia um grande comediante pobre, personagem Chaves.”

Uma caneta e um papel sempre foram meus amigos. Se naquela época do século XX existisse rede social, principalmente Facebook, de toda certeza estaria compartilhando na rede: “em um triângulo amoroso com o lápis e o papel.”

gosto de escrever

Escrever era minha libertação. Um grito que não podia dá. Poderia ser quem eu quisesse no papel. Teria o poder infinito de resolver problemas, salvar vidas, descobrir quem eu era.

Mas quando largava o papel e saia da fantasia. A realidade era tão dolorosa, grotesca, miserável, triste. Quão difícil era usar os meus poderes de personagem de ficção no mundo real.

Não conseguia imaginar poder viver no mundo real e ser feliz; e, realizar a fantasia sem mexer em outros mundos.

Quem nuca teve sua ilusão, ou conto de Cinderela. Nem mesmo se fosse a própria Cinderela iria ser fácil de resolver tantas questões.

Meus textos nem sempre fizeram sentido (como este aqui). Passado alguns dias eu ia reler e ficava imaginando quem tinha sido o sem noção que escreveu aquilo (risos).

Imagina se alguém fosse ler. Iria se sentir como se estivesse fumando maconha. Mas isso para mim era bom. Não gostaria que ninguém entendesse meus sentimentos, segredos e medos.

Mas hoje? Nem tanto.

Sou um pássaro de uma gaiola aberta… Isso ainda não foi resolvido… Mas a amanhã breve será.

 

Facebook Comments
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *