NOVELA “A FORÇA DO QUERER” TEM EXEMPLO DE FAMÍLIA TRADICIONAL BRASILEIRA.

familia tradicional brasileira novela a força do querer
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

Família Tradicional Brasileira – Você sabe o significado?

Uma expressão que tem ecoando em nossos ouvidos ultimamente. Principalmente por causa das cenas que tem sido apresentada na novela A Força do Querer, pela rede Globo de televisão. Vamos responder o que significa a “família tradicional brasileira”dentro contexto da novela A Força do Querer.

A novela das 21:00 hs A Força do Querer, escrita por Glória Perez tem sido motivo de várias discussões no lares, ruas, praças e ambientes comerciais. Não se esquecendo dos comentários preconceituosos e ofensivos nas redes sociais.

As pessoas escondem o rosto por detrás da tela de um computador e começam a digitar palavras de discriminação e insultos, mas no seu dia a dia fazem a “fina”, demonstrando ser outra pessoa.

“Não tenho preconceito, não tenho discriminação; tenho vizinho assim; colegas de trabalho que são gays; são pessoas maravilhosas…”

Quem nunca ouviu alguma dessas frases? “Tudo bem meu amigo, vizinho, colega de trabalho ou de escola ser gay (suportável na verdade), mas meu filho ou filha ser gay isso é inaceitável”.

A classe LGBT tem ganhado sua força com o passar dos anos. Em lutas constantes contra a homofobia, discriminação e perseguições em massa. E agora temos uma representante forte nas novela A Força do Querer, dentre outros personagens brilhantes como Nonato, Mira, Tarso Brand, a representação de Ivana tem sido uma oportunidade para ser compreendida a condição sexual de um transgênero.

Em uma família tradiconal brasileira temos Eugênio, pai trabalhador que mantem a casa e trabalha para dar conforto em casa; Joice, mãe dedicada em ensinar os filhos a “função” de cada um e seu papel na sociedade; Ruy, seu primogênito o orgulho dos pais por ser o primeiro filho homem e o futuro sucesso do pai na empresa e que deveria casar se com alguém da mesma classe social; Ivana, aqui está o susto, a quebra de padrões, alguém que simplesmente não quer viver o roteiro dado pelos pais.

Ivana uma jovem que sempre sofreu por não conseguir se encaixar nos padrões de sua mãe, uma socialite famosa, por seu bom gosto, beleza, feminilidade, referencia em varias capas de revistas.

Ivana é a quebra do que significa Família Tradicional Brasileira.

A família tradicional brasileira tem uma Mãe. Joice é uma mulher que domina e outorga aos membros de sua casa o seus papeis na vida. Uma mulher que não ouve os gostos de seus filhos. Onde o diálogo e a compreensão dos sentimentos dos seus filhos são sufocados por “eu não te criei para isso”. Onde está o ser humano que precisa entender a necessidade do outro. Que culpa tem seus filhos de sua classe social e família. Um legado tradicionalista. Onde a mulher precisa ser feminina, delicada, sempre ao lado do marido como representante de adorno para a cabeça do esposo. Em cada decisão dos filhos ela culpasse, por sentir a necessidade de “direcionar” tudo e todos. Qual carreira deveriam seguir, roupa a vestir, com quem deveriam se relacionar.

Na família tradicional brasileira temos um pai, nem tão convencional. Um homem paciente que sempre procura dialogar e tentar entender seus filhos e sua mulher mas que nunca consegue ser compreendido,  a não ser sua filha Ivana. O pai tradicional que sustenta  a casa e as necessidades de seus filhos. E que vivem sua vida toda para a família e quando os vê formados e adultos decide mudar de profissão e fazer o que gosta. Mas logo é corrigido pela mulher e seus primos que não o apoiam. Um homem integro, corretor, paciente e que seu único deslize na vida foi trair sua mulher.

E ainda na família tradicional brasileira temos um filho playboy, Ruy. O filho primogênito que seria o sucessor do pai na empresa da família e representante legal quando chegasse na fase adulta. Com suas roupas escolhidas pela própria mãe, um filho mimado que vive de acordo com todos gosto de sua mãe. Até casamento teve um incentivo forte de sua matriarca. Seu único erro foi trair sua noiva e roubar outra noiva do dia do casamento da mesma.

Esse é o retrato da família tradicional brasileira.

familia tradicional brasileira novela a força do querer

Tudo bem o pai trair sua esposa depois de anos de casados, com dois filhos adultos e um neto. Faz parte da natureza do homem um deslize desses. E sua mulher por ser sábia não deixou ele escapar, perdoando sua traição e reconstituindo sua família.

Que hipocrisia!

As pessoas não apedrejam Eugênio pela sua traição e ainda defendem com os seguintes argumentos que o homem pode até trai mas continua amando sua esposa e que é normal a traição, faz parte da natureza do homem (o macho reprodutor). E dever da mulher aceita-lo de volta e retomar a família, lutando para concertar um erro dele. As pessoas não discriminam o marido, veem como normal e algo que faz parte de algumas fases do casamento.

Ruy, em uma de suas viagens de negócios com pai conhece uma moça pela pela qual fica encantado. Apaixonasse por ela e começa a persegui-la para poder retirar uma casquinha. Mas a casquinha não foi suficiente, teve que ficar com o sorvete todo. Mesmo noivo de Cibele, Ruy roubou Ritinha no dia do casamento com Zeca. Mas isso alguém fez comentários discriminatórios? Não! A internet zoou, fez chacotas e todos riram em suas casas. Tudo bem trair a noiva com outra!

Joice a matriarca com mãos de ferro com tecidos de pura seda. Sempre agindo conforme seus padrões e exigindo da família não apenas uma conduta, mais que não tivessem gostos, tão pouco que vivessem suas escolhas, para serem tudo o que a mesma sempre sonhou e planejou.

Na família tradicional brasileira, temos adultero, jovens héteros irresponsáveis que se relacionam com mais de uma mulher, uma mãe autoritária que não entende que seus filho são seres humanos com necessidade de encontram seu lugar no mundo. Isso é o padrãozinho perfeito que não é subjugado, nem discriminado, nem motivo de polêmicas. Nem um deles na vida real correm o perigo de serem apedrejados, insultados, até mesmo correr perigo de vida.

Finalizamos com Ivana. Que é o símbolo de quebra do “padrãozinho da família tradicional brasileira”. Todos os outros causaram uma certa tristeza, mas que logo foi superada, contudo Ivana tem que ser “a princesinha da família”.

Que moral essa família tem para discriminar Ivana por apenas querer ser quem deseja. Ivana se torna uma transgênero vai mudar apenas ela diretamente. Mas Eugênio trair, inclui uma terceira pessoa (Irene) e sua família, Ruy causou danos a sua família, a de Zeca, de ritinha, de Cibele.

Sabemos que existe impacto na escolha de Ivana. E sim, a família fica em choque, mas nenhum dano está sendo causado a outrem. Nem outra família está sendo subjugada.

Enfim a família tradicional brasileira é um marido traidor, uma mulher dona de casa, um filho hétero pegador e a filha a princesinha da família.

 

Facebook Comments
0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *