ESCOLHENDO O NOME PARA MEU BLOG

crie nome para o blog

Então, galera da blogosfera. Acredito que escolher o nome do blog é quase que registrar um filho. Você pensa: “será que é um nome fácil de pronúncia? Vai gerar code nomes? Irá soar bem ao pronunciar?  É um nome que irei suportar por logos anos?

Primeiro desafio antes de se criar um blog é escolher sobre o que escrever; o segundo em minha opinião é o nome. Pensei em mil nomes (mentira); mas foram muitos mesmo. Até chegar a um veredito, demorou colega. Mas acredito que essa dúvida faz da etapa de ser blogueiro. 

CONFIRAM MINHAS DICAS

Não ponha nome de algum filme, série, música ou grupo musical – nada que depois de alguns anos se torne ultrapassado. Hoje esse nome pode estar em destaque, mas o ciclo de vida da mídia é tipo assim… Hoje você é destaque amanhã você é descartável.

Evite palavras estrangeira ou “inglesada” (quero dizer, termos em inglês, ou junção de um inglês mal pronunciado que resulta em uma gíria em português). Entenda que o blog é seu, mas caso queira ser lembrando com facilidade escolha um nome que seja fácil sua pronúncia.

Imagina um grupo de amigos conversando sobre um assunto qualquer. De repente um deles fala que andou lendo sobre isso no Blog Tal, e os amigos querem conferir o conteúdo. Aí você fica tentando lembrar o nome, “é um nome meio inglês”, “que lembra fruta”, “aquele que eu compartilhei”. E um nome fácil, é fácil de assimilar (dam, óbvio).

ASSUNTOS SEMELHANTES:

COMO SUPERAR O BLOQUEIO CRIATIVO – DICAS RÁPIDAS E PRÁTICAS

COMO ESCREVER O MELHOR ARTIGO PARA SEU BLOG

IDEIAS DE POSTER SOBRE SÉRIES, SAGAS, FILMES E NOVELAS

DESMOTIVADO COM O SEU BLOG, VEJA O QUE FAZER

Evite a palavra “blog do” ou “blog de”. Evite a palavra “blog” dentro do domínio. Já é um blog, isso é obvio. Tenho vontade de… melhor não completar a frase. Gente você criou um blog, não precisar dizer que é um blog. E pra ser sincero tem gente que não dá credibilidade a blog’s, então pode acontecer da criatura acessar seu blog pensando que é um site (eu sei, parece loucura, mas não rir não, mas temos leitores de todo tipo).

Não use o nome de outro blog ou semelhante, isso é falta de criatividade e ética profissional, e como diria a pensadora Valesca Popozuda, puro recalque. Seja original. O blog tem que ser um pedacinho de você, sua marca na internet. Mostre que o aplicativo cérebro ainda funciona e manda ver.

Se o blog for pessoal, que seja algo que tenha haver com você. Que seja uma característica sua. Mas se for profissional de uma área especifica, então foque no assunto central do blog e crie o nome dele.

Faça listas de nomes, palavras-chaves. Pronuncie o nome em voz alta. Imagine que uma empresa esta te ligando e que você vai atender ao telefone “blog do fulano, bom dia, em que posso ajudar”. É engraçado, mas imagine se o nome do seu blog soa agradável para o outro. Eu faço isso!

Peça opinião, mas não a qualquer um. Há pessoas que acreditam em sonhos e deseja ver a felicidade do outro.

Mas caso goste de ver a cara de inveja dos outra peça ajuda aquelas recalcadas, depois me fala nos comentários o que elas disseram. “você vai fazer um blog, sério, de que”? Impressionante como existe pessoas que gostam de menosprezar os outros.

Veja se o domínio esta disponível. Isso é muito importante, por favor, não cria um domínio diferente do blog, senão o leitor vai ficar tipo “noiado” com tanta desorganização, não vai nem saber onde estar, vai precisar da ajuda do Google Map’s.

Nome curto. Se liga aqui. Imagina o efeito de uma bomba! Pensou? Agora imagina no estrago! Pensou? Pensa, deixa de preguiça.

Agora sim. Uma bomba causa um grande impacto, mais só é um nome com cinco palavras. Entendeu? Não quero que você exploda nada, apenas que o nome do seu blog seja impactante; com presença; tem que dizer para o que foi que veio fazer na blogosfera.

blog nome, criando nome para blog

Combinação de palavras. Não inventa nada surreal, tipo Nárnia! Só se for falar sobre histórias de contos de fadas. Junte palavras do cotidiano, seu sobrenome + uma palavra direta (tipo FalaDantas). Apenas um exemplo!

Seja criativo. É quase um requisito no currículo de um blogueiro a criatividade, sem ela você está estagnado. Nem sempre você vai ficar pedindo opinião sobre o que postar, o que vlogar; que imagem uso; te vira blogueiro! Pedir ajuda é bom, mas nem sempre! Aqui também entra sua originalidade.

Alguns discordam de dar seu nome para o blog. Eu acho que isso depende, se você for famoso tudo bem; e se você quer se tornar famoso porque não ariscar. Também tem a questão se o blog for pessoal.

Mas minha dica aqui é: não crie com o seu nome. Você é uma pessoa e seu blog faz parte de você. Então cria um nome para o blog e abaixo no layout ou no canto esquerdo ou direito põe o criador do blog. Tipo esse blog “eu vou de rosa”, blogueira by Bia Munstein.

Já imaginou se ela escreve o sobre nome dela no domínio, quem iria se lembra? Nada contra (Bia adoro seu blog beijos).

O domínio deve ser igual ao nome do blog. Vou repetir para você se ligar, não cria nome do domínio diferente do blog original do blog.

Evita hífens. Parece bobo, mas têm muitos novatos que criam seus nomes dos seus blogs com pontuação, traços, hífens; só não colocaram ainda emoticons (acho que foi porque não conseguiram).

Então galera é isso. Resumindo seja original e pesquisa bastante. Não tenha pressa de começar. É melhor se preparar bastante para ter um blog de conteúdo.

E me fala o que achou do artigo, se tiver alguma dica para mim comenta abaixo e compartilha com seus amigos. Valeu pela atenção e um forte abraço.

 

Continue Reading

COMO SUPERAR O BLOQUEIO CRIATIVO – DICAS RÁPIDAS E PRÁTICAS

Bloqueio Criativo é um desafio para pessoas que trabalham com criações, design, música, arte e no nosso caso blog. Um blogueiro transpira inspirações, em alguns casos temos té obesidade de informações, mas em alguns momentos passamos pela falta de fluido de ideias. Então veja essas dicas rápidas e práticas de como superar e prevenir o bloqueio criativo no seu trabalho.

ENTRE NO SEU INCONSCIENTE 

“Coisas estranhas acontecem em um estado semi-sono, quando seu inconsciente assume”, diz Shotopop’s Casper Franken.

Se você já teve um sonho que mais parecia uma orientação, revelação, direção, ideia… Seja lá como queira chamar. Ao levantar não perca a chance de anotar.

CRIANDO NOVAS IDEIAS 

Crie duas colunas em uma folha e comece a escrever as ideias de forma aleatórias. Depois tente combinar palavras que estão na mesma linha, só que em colunas diferentes, para criar outras ideias de forma irregular e original.Algumas, é claro, não farão sentido de início, mas tudo irá depender da sua observação. Você vai se surpreender com novas ideias de artigos.

TENHA UM CADERNO PARA RASCUNHO 

Um caderno de rascunho é um caso de vida ou vida! Não não pode confiar em sua mente guardando todas as informações e artigos novos que ainda não foram transcrito.

Não precisa ser necessariamente um caderno,  pode ser um bloco de anotações no seu celular, tablet ou até mesmo uma caderneta, um bloco de anotações. Tudo é válido quando se diz respeito salvar e armazenar sua ideia.

DÊ UMA PAUSA SEMPRE QUE NECESSÁRIO

Não será o fim do mundo se você jogar o notebook de lado e procurar esfriar a cabeça. Lembre-se que a máquina não é você. Forçar ao máximo sua mente causa exaustão. Saiba que você precisa descansar para renovar sua mente. E as vezes a melhor forma de fazer isso é afastando-se do projeto e retornando depois com mais calma e serenidade. Sem contar que outras rumos poderão surgir nesse momento.

TOMAR NOTAS SOBRE A VIDA

As ideias surgem quando fazemos coisas que geralmente não são criativas. Então esteja pronto para parar e tomar nota.

Já tive ideias em cada situação inusitada. 

 

CLICA NESSA:

PRECISO MUDAR E AGORA?

DEZ DICAS DE COMO SE COMPORTAR NA ENTREVISTA DE EMPREGO

VOCÊ É RESPONSÁVEL POR VOCÊ MESMO

PERGUNTAS MAIS FREQUENTES EM UMA ENTREVISTA DE EMPREGO

 

NÃO PROCRASTINE

Deixar para amanhã por preguiça não é dá pausa no trabalho porque está cansado. Atitudes totalmente diferentes. Então não adie suas ideias, sua carreira, seus sonhos. Tudo ai começar de onde você estar.

PONHA DIVERSÃO

Onde você trabalha tem música, cores vibrantes, luz solar, um clima agradável? Acredite são fatores que podem te ajudar a melhor sua produtividade. Quem nunca arrumo a casa ouvido música não sabe como tornar um serviço pesado em diversão.

INSPIRAÇÃO É INTANGÍVEL 

Inspiração não é de propósito. Não tente reproduzir algo que fez no passado, pois não terá o mesmo resultado. Uma inspiração para cada dia, busque isso.

OLHE EM LUGARES IMPROVÁVEIS

Faça algo diferente de sua rotina. Mude seus olhos para alog que diz que não gosta sem nem ao menos ter tentado realizar. Vá e faça do início ao fim algo totalmente fora do comum e verá como novas ideias surgirão. Seu cérebro precisa sair da rotina.

ESTEJA PRONTO PARA O “DE REPENTE”

Quando levantar esteja pronto para o inesperado. A vida tem muito disso. Esse “de repente”. Então não se limite e nem se assuste. Aproveita!

EXPLORE OUTRAS DISCIPLINAS

Faça um curso de disciplinas que podem te ajudar a diminuir sua ansiedade e até mesmo ajudar a desenvolver sua criatividade.

Cursos de desenho, música, arte, dança, fotografia uma língua estrangeira. Você irá levar seu cérebro para conhecer novos mundos.

EXPANDIR SUA MENTE

Não crie barreiras, nem preconceitos com aquilo que não gosta. Experimente a vida e tudo que ela nos dá. Isso tornar você uma pessoa livre de si mesma e capaz de opinar com maturidade sobre determinados assuntos.

IR CONTRA O FLUXO

Se você não for uma máquina de xerox não precisa copiar tudo o que todo mundo faz. Ouse seja diferente. Mesmo que precise visitar outro blog em busca de ideias, entenda que sua originalidade precisa ser mostrada dentro do seu conteúdo, isso é muito importante. Descubra seu rumo e siga!

SEPARE UM TEMPO PARA O NADA, PARA VOCÊ

Ter muitas ideias é bom, mas pode acarretar você… Trabalhar nelas ao mesmo tempo pode não ter qualidade. Então separe um tempo onde seja seu. Faça nada ou faça algo que não seja trabalho. Viva também.

Espero tenha desfrutado dessa leitura com olhar interno, reflexivo e critico. Por se tratar de um artigo prático de ler não significa ter a mesma rapidez para absorver suas dicas.

Veja que em sua maioria empurra você para a necessidade de fazer tarefas novas, nunca feitas e desenvolver novos hábitos. Que só terão a acrescentar.

Compartilhe com seus amigos este artigo. E caso já passou por bloqueio criativo e sua superação comenta abaixo, assim estará ajudando outras pessoas. E se tiver alguma dica para nos dá, comenta também, terei a enorme satisfação lê-la.

Continue Reading

Minha crônica confusa

Uma crônica incompleta

Nem tudo que temos dentro conseguimos expressar com clareza.

Olá ninos e ninas.

Sabe, a vida é muito doida. Não que eu e você não sejamos, mas isso ninguém precisa saber!

Desde o tempo da escola, antigo ginásio. Eu sempre sonhei em embarcar no mundo das letras. Vivia no mundo dos sonhos e fantasias, para fugir de tristes realidades. Era tão difícil imaginar a velhice do mesmo jeito que toda minha existencia; desde o útero até a juventude.

“Jovem, jovem ainda, porque amanhã velho será; já dizia um grande comediante pobre, personagem Chaves.”

Uma caneta e um papel sempre foram meus amigos. Se naquela época do século XX existisse rede social, principalmente Facebook, de toda certeza estaria compartilhando na rede: “em um triângulo amoroso com o lápis e o papel.”

gosto de escrever

Escrever era minha libertação. Um grito que não podia dá. Poderia ser quem eu quisesse no papel. Teria o poder infinito de resolver problemas, salvar vidas, descobrir quem eu era.

Mas quando largava o papel e saia da fantasia. A realidade era tão dolorosa, grotesca, miserável, triste. Quão difícil era usar os meus poderes de personagem de ficção no mundo real.

Não conseguia imaginar poder viver no mundo real e ser feliz; e, realizar a fantasia sem mexer em outros mundos.

Quem nuca teve sua ilusão, ou conto de Cinderela. Nem mesmo se fosse a própria Cinderela iria ser fácil de resolver tantas questões.

Meus textos nem sempre fizeram sentido (como este aqui). Passado alguns dias eu ia reler e ficava imaginando quem tinha sido o sem noção que escreveu aquilo (risos).

Imagina se alguém fosse ler. Iria se sentir como se estivesse fumando maconha. Mas isso para mim era bom. Não gostaria que ninguém entendesse meus sentimentos, segredos e medos.

Mas hoje? Nem tanto.

Sou um pássaro de uma gaiola aberta… Isso ainda não foi resolvido… Mas a amanhã breve será.

 

Continue Reading